Por meio da implementação do Carga Pontual, da Accellog, foi possível reduzir custos e otimizar as operações na planta de Rio Grande - RS

Atuando há 58 anos com a cultura da soja, a Bianchini S.A. atua no ramo industrial de extração de óleos vegetais e produção de farelos, a partir do processamento da soja. Com estrutura sólida, a empresa familiar de capital fechado 100% nacional, com sede na cidade de Porto Alegre, também presta serviços de beneficiamento de grãos, de logística e armazenagens, além de embarques portuários de granéis sólidos e líquidos.

A fábrica localizada na cidade de Rio Grande – RS, integra um complexo armazenador-industrial-portuário, responsável pela movimentação de mais de R$ 5 milhões de toneladas de produtos a granel em 2017. Setenta (70%) de tudo o que é processado chega pelo modal rodoviário, cerca de 750 caminhões por dia no pico da safra, entre março e junho.

Devido aos grandes volumes da operação, o desafio da Bianchini era gerenciar o fluxo de veículos para descarga. A ausência do gerenciamento logístico deixava a empresa refém do ritmo dos fornecedores, sem contar possíveis atrasos nas viagens, ocasionando filas, acúmulo de veículos na rodovia e custos com armazenamento externos e multas associadas por transtorno ao entorno da planta, com prejuízo contabilizado em mais de R$ 1 milhão por ano.

Para otimizar as operações logísticas da fábrica de Rio Grande, a Bianchini contratou a Accellog Global Technology (então sob o nome Strada Soluções), para implementar um sistema de software que integra fornecedores, transportadores, e clientes em um só lugar. Com a implementação do sistema Carga Pontual, foi possível controlar o fluxo de caminhões, eliminando filas, reduzindo custos com estadias e armazenamentos externos. O Carga Pontual proporciona um ambiente sincronizado e em conformidade com os principais processos da empresa, com status imediato de cada etapa do processo para todos os envolvidos.

150x150

“uma das melhores características do programa é a Carta de Agendamento, um documento que mostra quando a carga foi encomendada e quando deve chegar à planta, isentando a empresa de problemas com atrasos, caminhões parados na rodovia e multas por parte da Polícia Rodoviária, já que muitos caminhões formavam filas nas pistas”.

 

“Para os motoristas, agora é possível automatizar avisos para cada passo necessário de forma visual e amigável.

Já estamos estudando a implementação do Carga Pontual em outras plantas, como a de Canoas, também no Rio Grande do Sul”

Leslie da Silva Fonseca, Analista Administrativo
Bianchini S/A